A minha vida com o doutoramento

31 de março de 2006

HigherEd BlogCon

Descobri no blog da Mónica este HigherEd BlogCon "a fully web-based event focused on how new online communications technologies and social tools are changing Higher Education".

Gosto do lema:
transforming academic communities with new tools of the social web


e já seleccionei o que vou acompanhar, já na próxima semana:

Mind the Web 2.0 Gap - The challenge of new technologies to the management of learning and teaching in Higher Education

Haydn Blackey
University of Glamorgan
http://learning.weblog.glam.ac.uk/

Blogs as personal learning environments

James Farmer
Deakin University
http://incsub.org

Nomadic desktops: What? How? Why?

Owen James
International Christian University, Tokyo, Japan
http://elpdigitall.blogspot.com/

How the integrated use of blogs and Blackboard can improve a university public relations class–A case study

Ric Jensen
Northwestern State University
http://www.ricjensen.blogspot.com

The Science of Spectroscopy: Collaborative curriculum development using a Wiki

Stewart Mader
Brown University
Using Wiki in Education
http://www.scienceofspectroscopy.info

Teaching information literacy: who’s teaching the teachers?

Ewan McIntosh
University of Stirling, Scotland
http://edu.blogs.com

Giving the students what they want: Short, to-the-point e-lectures

Mark E. Ott
Jackson Community College
http://www.docott.com

Legal issues in podcasting the traditional classroom

Elizabeth Townsend Gard
London School of Economics, Stanford Law School
http://academiccopyright.typepad.com

Colette Vogele
Stanford Law School
http://cyberlaw.stanford.edu/blogs/vogele


Espreitem o site do evento e vejam os outros temas e comunicações!

É só visitar durante o período de realização (3 a 28 de Abril) e participar.

Experienciado por Maria @ 10:55 da tarde 0 comentarios


30 de março de 2006

A ansiedade dá nisto...

Encontrei um novo cartoon no Piled Higher and Deeper que acentuou a minha ansiedade relativamente ao feedback que espero sobre versão mais recente do projecto de doutoramento.



Nota: A minha orientadora não é NADA assim! :D

Experienciado por Maria @ 3:04 da manhã 1 comentarios


o que se anda a passar - versão económica

- a minha instituição indeferiu o pedido de integração no Centro de Investigação para que fui convidada por ser sua política "sensibilizar os docentes da Instituição para a necessidade de fazer convergir a sua capacidade científica na dinamização de Centros de Investigação afectos àquela". estive a escrever a minha argumentação e tenho até sexta para a enviar.

- o presidente do científico da minha escola, que tb é coordenador do curso e meu "mentor", deu-me imenso apoio e força e com a sua fabulosa forma de escrever fez-me sorrir.

- acabei de enviar versão reformulada do meu projecto de doutoramento. fingers up!

- devo ir a reunião sobre formação de educadores e processo de Bolonha em representação da minha escola.

- propuseram-me 4 orientações de trabalho final da especialização em educação especial (um deles sobre domótica... uau!)

- conseguimos enviar artigo sobre NetInfância para Cadernos de Educação de Infância, número 78.

- continuo atafulhada em trabalhos atrasados...

Experienciado por Maria @ 1:30 da manhã 2 comentarios


27 de março de 2006

Prenda de anos

Um conjunto de links interessantes para o Nafergo:

- Work-Learning Journal: Work-Learning Research's monthly journal and newsletter.

- Social Networks Research Report: This report is the result of an in depth analysis on social networks for a web community project at Wildbit. The report aimed to discover how to attract members, define structure, influence participation, and manage the community in order to design the web site prototypes. The progress of this project will be posted occasionally on our blog.

- The Social Software Blog

-
CPsquare: the community of practice on communities of practice.

- Mopsos: blog com proposta sobre
collaboration tools for communities of practice

-
Visual thinking school is about using pictures to help you solve problems, think about complex issues and communicate more effectively

Bosa leituras!!

Experienciado por Maria @ 11:02 da tarde 2 comentarios


Hoje é um dia especial!


O Nafergo faz anos!

Como ele gosta de ovnis... aqui fica um miminho.

Beijos enormes de parabéns!

Experienciado por Maria @ 11:24 da manhã 3 comentarios


24 de março de 2006

Mais uma dose...

Teses:

Resumos de teses do IP Beja


Portal .periódicos. CAPES
oferece acesso ao texto completo de mais de 9444 publicações periódicas internacionais e nacionais e às mais renomadas publicações de resumos, cobrindo todas as áreas do conhecimento. Inclui também uma seleção de importantes fontes de informação científica e tecnológica de acesso gratuito na Web.

A Biblioteca Virtual de Educação (BVE) é uma ferramenta de pesquisa de sítios educacionais, do Brasil e do exterior. É voltada a pesquisadores, estudiosos, professores, universitários, pós-graduandos e alunos de todas as séries escolares.

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações(BDTD)
busca integrar os sistemas de informação de teses e dissertações existentes nas Instituições de Ensino Superior (IES) brasileiras, bem como estimular o registro e a publicação de teses e dissertações em meio eletrônico.

Várias ligações para bancos de teses

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da Universidade Federal de Rio Grande do Sul

Saber - o portal do conhecimento da Universidade de São Paulo

Revistas:

A Scientific Electronic Library Online - SciELO é uma biblioteca eletrônica que abrange uma coleção selecionada de periódicos científicos brasileiros.

Experienciado por Maria @ 12:10 da manhã 0 comentarios


20 de março de 2006

Teses disponíveis online

Tenho que começar a organizar a casa...

Links para sites onde estão disponíveis teses (licenciatura, mestrado, doutoramento):

Portugal:

Biblioteca Nacional: "Depósito de Dissertações e Teses Digitais"

RespositoriUM

CieD (IEP - U. Minho)

ABC - Arquivo Bibliográfico para produção Científica (Aveiro)

ESEC (indices)


Brasil:

Site de dicas

Espaço Científico e Cultural

Universidade Federal de Santa Catarina (muita coisa de Educação de Infância)

Biblioteca Digital da Unicamp


Não-português:

SETIS Digital Postgraduate Theses

Tesis Digitales de las Universidades Españolas


Nota: desculpem-me a imprecisão terminológica, mas designar tudo por teses é uma enorme economia de escrita... e para o caso não faz diferença!

Experienciado por Maria @ 11:51 da manhã 2 comentarios


19 de março de 2006

Dia do pai

É inevitável, no esforço de me perceber, recordar o quanto devo ao meu pai o prazer de ler (principalmente na casa de banho! ;), a imensa alegria de receber livros novos (recordo o Rónia, filha de ladrão que li sofregamente depois de o receber inesperadamente enquanto esperava as aulas de dança no Ginásio Clube Português) e a capacidade crítica e de receber críticas sobre o que escrevia, principamente trabalhos para a escola que ele tinha a paciência de ler e comentar, com saber e distanciamento. Sempre me incentivou a escrever, pela importância que dava ao que lhe apresentava, mostrando-me como melhorar o que fazia, salientando os casos em que o meu investimento tinha sido menor, valorizando o que estava bom.

Em dias do pai as minhas recordações de marcos no meu crescimento alargam-se ao meu avô. É impossível contar as vezes que lhe agradeci nos meus trabalhos, ou porque me levava de carro a todo o lado e mais algum, ou porque me acompanhava em raides fotográficos e consequente revelação, ou porque se preocupava constantemente comigo, ou porque sempre tentou aprender coisas novas - inglês, relógios digitais, telemóveis, computadores - apesar da frustação em quase todas as tentativas!
No mestrado, ele e a minha avó, foram as únicas pessoas que vi durante dias a fio na altura da escrita. Foi um verão inteiro a mimar-me, como sempre o fizeram.

Beijos e abraços para os dois pais!

Experienciado por Maria @ 11:33 da tarde 0 comentarios


18 de março de 2006

doce, maravilhosa palavra...

Excelente. é essa a apreciação sobre o meu projecto de doutoramento. agora vou ali gritar de alegria, depois volto! :)

Experienciado por Maria @ 11:27 da tarde 6 comentarios


16 de março de 2006

Portugal é o quarto país da Europa com mais mulheres investigadoras

Mais uma notícia encontrada no researchcafe.net:

Portugal é quarto país da União Europeia que emprega maior percentagem de mulheres cientistas no ramo da investigação, de acordo com um relatório do Eurostat disponível na Internet. O relatório, sobre Ciência e Tecnologia, apresenta dados estatísticos, relativos a 2003, sobre a percentagem de investigadores a trabalhar na área de I&D (Investigação e Desenvolvimento) na União Europeia entre o total de empregados desses países.

O estudo em causa "revela uma percentagem particularmente elevada de mulheres investigadoras nos países Bálticos - 53 por cento na Letónia e 48 por cento na Lituânia" - comparativamente aos homens.

No topo do ranking seguem-se a Bulgária, com 47 por cento, Portugal, com 44 por cento, e a Eslováquia, com 41 por cento. Luxemburgo, Alemanha e França ocupam os últimos lugares com uma baixa representação de mulheres investigadoras: 17 por cento, 19,2 por cento e 27,8 por cento, respectivamente. Em cerca de dois terços dos países europeus, a maior proporção de mulheres investigadoras trabalha no sector público, sendo que Portugal se encontra igualmente no topo no que respeita a esta matéria.
Em termos genéricos, o "site" destaca que o relatório do Eurostat revela que a Finlândia é o país da União Europeia com maior percentagem de investigadores em I&D. Em 2003, 3,11 por cento de todas as pessoas empregadas na Finlândia eram investigadores activos, uma percentagem bastante acima da média da Europa dos 25, situada em 1,44 por cento. Portugal encontra-se bastante abaixo da média europeia, com 0,86 por cento de investigadores entre o total de empregados do país, situando-se nesta matéria entre os últimos países.

Experienciado por Maria @ 12:47 da manhã 8 comentarios


Retoques e relatos


Estive hoje a espantar-me, surpreender-me, embasbacar-me, e outros verbos que sirvam para descrever a experiência de ver a "Art of DeTouch".

Podem apreciar na primeira pessoa como as fotografias são/podem ser alteradas transformando completamente quer a pessoa quer a leitura que fazemos da fotografia, basta irem aqui ao site do projecto. (vão mesmo que vale a pena... )

Descobri esta maravilha para o ego no Women in tech com uma ajudinha do Nafergo. Cada vez gosto mais daquele blog!... e dele! :)

Enquanto pensava nas implicações desta arte para a auto-estima das pessoas, para a forma como nos distanciamos da imagem e corpo de quem aparece nas revistas, pensei no excelente paralelo com os processos de investigação vs. os relatórios/relatos que deles fazemos nas teses e não só. A questão já foi grandemente abordada mas vê-la como a diferença entre a fotografia e a fotografia transformada fez-me sorrir.

Lembrei-me de ir reler um artigo que encontrei no Conta Natura que pergunta "Is the scientific paper a fraud?" do Peter Medawar que pode ser encontrado na hemeroteca do Conta Natura. Leituras assim dão gosto!...

Experienciado por Maria @ 12:01 da manhã 0 comentarios


13 de março de 2006

O tempo!... ai o tempo!... (2)

Logo no início deste registo em formato de blogue, me dediquei à questão da gestão do tempo. É chegada a altura de regressar ao tópico. E em grande!

"Procede deste modo, caro Lucílio: reclama o direito de dispores de ti, concentra e aproveita todo o tempo que até agora te era roubado, te era subtraído, que te fugia das mãos. Convence-te de que as coisas são tal como as descrevo: uma parte do tempo é-nos tomada, outra parte vai-se sem darmos por isso, outra deixamo-la escapar. Mas o pior de tudo é o tempo desperdiçado por negligência."
Séneca - "Cartas a Lucílio" (Tradução de J. A. Segurado e Campos)
- encontrado no Ad loca infecta

Nota que não tem nada a ver: ad loca infecta ia ser o título de um dos capítulos da minha dissertação de mestrado: a caracterização da instituição!

Experienciado por Maria @ 9:33 da manhã 1 comentarios


12 de março de 2006

para motivar para a investigação não há nada como... a investigação!

Ontem, rumei para Viseu para mais uma sessão de Linguagens Alternativas do Curso de Formação Especializada em Educação Especial da ESEV. Mas em vez de voltar para casa a seguir, fui ter com a Catarina que está a terminar o seu mestrado para a ajudar.

Estive 12 horas com ela (!) e embrenhei-me na análise de dados de uma forma muito séria e... muito, mas muito embrenhada, concentrada, motivada, interessada, entusiasmada, ada, ada, ada...!!!! YES!!! soube-me T-Ã-O bem...

só estando lá para ver a diferença de espírito e de produtividade entre o meu projecto de doutoramento e a análise de dados de outrem... (deve-me faltar um parafuso... e dos grandes!!!).


talvez por não ter que me preocupar com a escrita, com o produto final, com a validade de todas as afirmações feitas, por estar apenas concentrada em explorar cruzamentos de dados, senti-me mesmo criativa, produtiva, capaz. estava a ver que não! :)

espero conseguir voltar a engrenar assim hoje que tenho um artigo para escrever sobre o nosso projecto NetInfância! pelo menos o entusiasmo já deu para adormecer a pensar em que dados quero produzir para a minha tese!

para este desbloqueio contribuiu também uma conversa dura mas necessária com o Nafergo sobre o meu estado de espírito ultimamente e a minha progressiva submissão às trevas que decidi pesarem sobre mim (olhós monstros aqui ao lado... assustadores, não?)


é bom sentir a cabeça a fervilhar! venha a investigação!
(imagem retirada daqui)

Experienciado por Maria @ 12:40 da tarde 4 comentarios


9 de março de 2006

Estou numa de fotos...

Já aqui mostrei o meu escritório, hoje trago a minha vista da secretária, ou seja, por onde divago quando não me consigo concentrar (e as cortinas estão abertas).

Viver em Lamego tem vantagens... A minha singela vista é a Igreja de Almacave, onde supostamente decorreram as primeiras cortes algures entre 1142 e 1144, e num plano mais elevado o castelo. O conjunto é fantástico e a minha janela privilegiada.


Nesta percebe-se o enquadramento do monitor em relação à janela/porta...

É o princípio da tarde de trabalho em casa..






Já começa a ficar de noite e eu continuo sentada no mesmo sítio, a fazer a mesma coisa...







A noite cai, já passou a hora mágica de céus rosados sobre o castelo... estava concentrada, não tirei a fotografia... continuo por aqui, sentada, a trabalhar...






Já é noite escura... o cenário revela o passar do tempo... o documento em que estava a trabalhar parece estar noutra dimensão em que o tempo anda mais devagar... só isso explica a falta de progressos...




E é assim que se vão passando os dias... com a sensação de não conseguir cumprir com tudo... com a sensação de que funciono num ritmo cada vez mais desfasado com o dos dias...

Experienciado por Maria @ 1:15 da manhã 7 comentarios


Uma imagem que me diz muito


Esta foto foi tirada às 5 e tal da manhã num dia em que estava de partida para um congresso. Sendo em Janeiro, não surpreenderá ninguém saber que se trata de gelo no vidro do carro, que eu esperava derretesse (já depois de um garrafão de água em cima... ).

Escolhi-a hoje porque me parece descrever como me sinto, em relação ao doutoramento e às perspectivas profissionais: posso dizer...

que as dificuldades começam a ceder e que tudo se revelará límpido e possível, bastando um misto de persistência e paciência (e muito trabalho...)

ou

que as poucas brechas não são suficientes e que não se vislumbra resolução possível

E o facto de o gelo ter mesmo derretido e eu ter feito os meus muitos quilómetros que me afastam de tudo (e todos) que conhecia e dos locais onde é necessário estar para acompanhar o fluir da comunidade profissional pouco me serve de indicador do que sucederá...

Experienciado por Maria @ 1:04 da manhã 6 comentarios


8 de março de 2006

8 de Março - Dia da Mulher

Provavelmente já nem me lembraria, mas encontrei a Therese Oernberg Berglund, autora de Emerging Communications, que anuncia a iniciativa (e o blog) da women@tech relativa ao Dia Internacional da Mulher (os outros são o quê?!?).

(o blog é L-I-N-D-O!!)

Deixo a descrição:

Wednesday the 8th of March is International Women's Day. On the eve of this day many women will blog in support of women's rights. We, at HUMlab, will liveblog the experience of being a woman from two stations, one on the university campus and one in downtown Umeå. We will attempt to capture 'being a women' through audio, text, picture, collaborative sidewalk art, as well as giving women a change to blog in their own words. There is a twist, however! You get the chance to participate by sending in your digital pictures to our flickr account. The theme is, of course, 'on being a woman'. Each picture submitted to the following address will be tagged 'mobloggingwomen' and can be found in our flickr slideshow (link to be added). The event will be kicked off by liveblogging the seminar, Att ta plats och äga rum. Hur kan kroppar förlängas genom digitala artefakter? - en spekulation i seminarieform, by HUMlab's own Jennie Olofsson who will give a seminar on Tuesday the 7th at 13:15 in the lab.
(You can watch the live stream here - link will activate at the beginning of the seminar). The live blogging downtown will occur on the 8th beginning at 12 noon.

The email address to send in photos is strong92easy@photos.flickr.com

Podem ler a descrição toda aqui.

E visitem o blog! A frase de entrada é um espectáculo:

knocking through firewalls 1MB @ a time...

Experienciado por Maria @ 12:30 da manhã 0 comentarios


Uma prenda

Recebi há já algum tempo, mas ainda não tive tempo de lhe pegar, uma prenda da minha orientadora.

Descrição no site da ASA:
Nesta obra Maria do Céu Roldão coordena uma vasta equipa de investigadores que se debruça sobre as questões do novo currículo (enquanto conjunto de saberes disciplinares indispensável para que os cidadãos se integrem na estrutura social existente e mutável). Os textos legislativos nacionais e mesmo internacionais apontam cada vez mais no sentido de responsabilizar centralmente as escolas pela adaptação da sua aplicação face ao contexto (os) específico (os) (geográfico, sócio/cultural etc.) de cada escola/agrupamento. Esta possibilidade de autonomização responsabiliza cada escola/agrupamento pela sua prestação. A auto-avaliação e a hetero-avaliação serão conceitos que não mais os agentes educativos poderão ignorar. Eles terão que prestar contas sobre a melhoria da sua escola/agrupamento a vários níveis. Para isso terão primeiro que identificar os principais problemas que O Currículo coloca ao processo ensino/aprendizagem, para, assim, poderem fazer a sua gestão em função da referida possibilidade de o adaptar a realidade de cada escola/agrupamento.

Gracias à orientadora maravilha! ;D

Experienciado por Maria @ 12:19 da manhã 0 comentarios


7 de março de 2006

Espero que não seja assim...

o novo cartoon do PHD é este:


espero que não seja um sinal, um aviso... espero não me estar a rir do que me vai acontecer a mim... AAAAAARRRRRGGGGGHHHHH!!!!!!!!!!!!

Experienciado por Maria @ 11:50 da tarde 4 comentarios


Agradecimentos

tendo conseguido entregar uma versão de projecto compete-me agradecer

à minha orientadora por não desistir e por insistir em todos os mails

à Moika, à Brisa e à Hangar por comentarem os meus posts de desgraça

às minhas alunas por trabalharem bem sem mim

ao Nafergo... bem, por tudo!, facilita as coisas.

ao Gurdido, claro! sem ele não teria conseguido ;D

Experienciado por Maria @ 12:39 da manhã 5 comentarios


Interacções - nova revista

Já recebi o mail da Joana há algum tempo mas só agora tive tempo de lhe prestar a devida atenção. aqui fica a notícia:

Estimadas(os) Colegas,

Já podem consultar a revista "Interacções"!

A revista "Interacções" publica artigos inéditos sobre cultura e ciência perspectivadas na sua relação com a educação. Pretende constituir um espaço privilegiado de interacção entre diferentes áreas de conhecimento e diferentes correntes de opinião.

Trata-se de uma revista quadrimestral em formato electrónico de acesso livre, organizada sequencialmente por Volume e Número. Cada número, coordenado por editores convidados pela direcção da revista, centra-se num tema distinto e pode incluir: a) trabalhos deinvestigação; b) reflexões críticas sobre políticas culturais, científicas e/ou educativas; c) revisões críticas de literatura; d) reflexões críticas sobre inovações educativas e experiências pedagógicas; e) comentários críticos sobre artigos publicados na própria revista. Todas os artigos da revista são originais, não sendo permitida a sua apresentação simultânea noutras revistas nacionais ou estrangeiras. Os textos podem ser apresentados em português, espanhol, inglês ou francês. Todos os originais são submetidos à apreciação da direcção da revista e encaminhados a um mínimo de dois membros do conselho editorial(especialistas nacionais e/ou estrangeiros de reconhecido mérito) que decidem sobre a conveniência da sua aceitação, podendo sugerir alterações ao seu conteúdo e formato que serão enviadas ao(s) autor(es).

A "Interacções" foi concebida tendo em vista a sua indexação em bases dedados internacionais de reconhecido mérito. Logo, cada número terá que satisfazer os seguintes critérios: a) publicar sempre artigos originais; b)maioritariamente investigações; c) ter um mínimo de 10% de artigos de autores estrangeiros; d) ter um mínimo de 60% de artigos de autores nacionais de instituições diversas da ESES; e) ser avaliado por um conjunto de editores conceituados.

Esperemos que gostem da nova revista da ESES!

Experienciado por Maria @ 12:20 da manhã 1 comentarios


A expectativa é grande...

... o dia 6 acabou há alguns minutos...



... terá o projecto de doutoramento sido acabado?



... terá a Maria conseguido cumprir?



E a resposta é...

(desculpem a piroseira)

aquela- coisa- a- que- se- convencionou- chamar- projecto- de- doutoramento- da- Maria- Figueiredo- apesar- de- não- ter- as- características- necessárias- para- assim- se- poder- designar foi enviado para o mail da sua mui paciente e sábia orientadora às 23h59!!!

agora vou dormir!! ;D

Experienciado por Maria @ 12:05 da manhã 5 comentarios


5 de março de 2006

outra forma de dizer o mesmo...

ps. é o q dá estar com a disciplina de linguagens alternativas...

Experienciado por Maria @ 1:14 da manhã 2 comentarios


projecto... de k?

O tempo foge. No último ano tenho sentido essa frase feita de uma forma muito íntima e dolorosa. Não sei se me envolvo em demasiados projectos, não sei se é por incapacidade de resposta atempada às solicitações, não sei se é pela dispersão de interesses, não sei se é por cansaço. Deve ser por isso tudo. E por sentir falta de impacto do que vou fazendo.

Estou a trabalhar no meu projecto e só penso: nunca vou ter tempo para fazer isto.

Excelente, não?

Experienciado por Maria @ 12:43 da manhã 3 comentarios


3 de março de 2006

Mais saudades!

Já cá falei nela e coloquei-a em apresentação formal de comunicação num congresso, mas esta foto (ela mata-me...) mostra bem melhor a Cláudia! (pelo sentido de humor, perceba-se!!!)



Muitas saudades e beijinhos... O Gurdido havia de gostar de brincar ctg!!

Isto está a tornar-se uma galeria de melancolia... :(

Experienciado por Maria @ 4:44 da tarde 1 comentarios


Novo look do outro doutoramento cá da casa

Depois de muito andar em Tyria, e de forma a incentivar-se a "doutorar", o Xana aka Nafergo mudou o aspecto do seu registo parietal do doutoramento.
Ficou assim:


E mais! Para sentinela de procrastinação, por lá mora o irmão do Gurdido que foi viver para o estrangeiro e adoptou o nome de Red Devil:



Esperemos que sejam sinais de muito trabalho prestes a emergir!! ;D

Experienciado por Maria @ 12:21 da tarde 1 comentarios


Já arranjei quem tome conta do doutoramento!

O nome era Guardião do Doutoramento... mas não gostaram do "ã" e deram-lhe outro nome: Gurdido Doutoramento. Decidi deixar ficar... Tem nome próprio e apelido!!



adopt your own virtual pet!


PS: agora para perder tempo posso vir aqui e "brincar" com ele, pô-lo a uivar (algo que o Xana aka N4f3rgo descobriu... Thank u!), vê-lo a dormir... tudo coisas produtivas ;D

E acabei de descobrir que tb lhe posso dar de comer! cliquem em "more" e arrastem a costeleta!

Experienciado por Maria @ 1:32 da manhã 9 comentarios


A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
Minha página

Eu no LinkedIn

your virtual pet!

Noutros sítios:
Fotos no Flickr.com
Projecto NetInfância
Registos do doutoramento
Blogs de PP
A par e passo

Posts daqui:

Powered by Blogger
Design by Beccary

PapaFormigas.com