A minha vida com o doutoramento

30 de outubro de 2006

Visita

curta, certamente, mas muito, muito bem-vinda, da minha amiga Susana que veio de Lisboa para jantar e conversar, muito!, o que aliás desde que nos conhecemos nos jogos de basket do meu irmão e do namorado dela da altura, sempre nos caracterizou. Foi bom ver diferenças em relação à última vez, 3 anos atrás, que nos vimos, mas encontrar ainda aspectos familiares que me permitiram sentir bem, ficar com energia positiva e diminuir a sensação de isolamento.

Obrigada pela visita! ;)

Experienciado por Maria @ 2:17 da manhã 2 comentarios


28 de outubro de 2006

Children of men


Fomos ao cinema, finalmente!, e em boa hora, para ver este filme. Deixo algumas ideias...

- Pensar em adquiridos como o valor da arte e do património numa sociedade sem descendência é refrescante. O mesmo vale para o papel dos animais de estimação na vida das pessoas! Embora não surja no filme, no livro que o inspirou, os gatos passam a ser baptizados, ou seja, é transferido o ritual de celebração de vida para os nossos pets. Não há já quem o faça em larga escala?

- Ver a escola degradada, como um espaço que se tornou obsoleto é chocante. Embora a tónica do filme seja mais colocada na falta das vozes e dos sons, das imagens, dos desenhos, da alegria, da esperança, que as crianças representam, pensar no desaparecimento de um sistema tão omnipresente, tão necessário, tão fundamental como o educativo, sem que isso tenha impacto no futuro, é estranho, no mínimo. Muito do que fazemos como sociedade é verdadeiramente dedicado a garantir condições para "quem se segue", ou para que alguém venha a seguir.

- O deslumbre e encantamento de uma criança na nossa sociedade actual não podem nunca comparar-se com o que é representado no filme nem, com alguma proximidade em termos de razões, às que gerações anteriores dedicavam à sua descendência. Vamos manter essa tradição porque é algo cultural com sustentação possível, ou é algo mais biológico, destinado a garantir a necessária dedicação aos frágeis bebés? Ou vai desaparecer e tornar-nos progressivamente mais indiferentes ao chamado milagre da vida?

- O filme em si é uma delícia de referências, actuais e históricas, levantando questões sem interromper a narrativa, levantando-as com a própria narrativa e com o que se vai cruzando com as personagens. Boa metáfora para uma boa tese que articula as referências no conhecimento construído... Tedse? eu disse Tese? argh....

Experienciado por Maria @ 1:29 da tarde 1 comentarios


25 de outubro de 2006

Parabéns Moika Maravilhosa!

Experienciado por Maria @ 12:35 da manhã 3 comentarios


Âncorar

A associação "a nossa âncora" foi criada para ajudar pais em luto, em processos complexos como entender a sua dor incontornável e encontrar novos estímulos na vida.

É preciso que os pais sintam que não sofrem sozinhos, que não foram esquecidos nem são diferentes dos outros, ajudando-os a reencontrar alguma serenidade e a aprender a viver com uma ferida que nunca mais sarará totalmente.
Tendo tido que enfrentar sozinhos a situação que acabámos de descrever um grupo de pais, a exemplo do que se pratica em toda a Europa, E.U.A., Canadá, etc., fundou esta associação sem fins lucrativos, em Janeiro de 1996.

Neste momento, existe um projecto que precisa da nossa ajuda: o projecto Âncora que pretende recolher fundos para que a associação possa desempenhar o seu necessário papel de apoiar pais em luto. A ideia partiu de uma mãe, cuja filha de perto de um ano morreu recentemente (blog pessoal).

O que podemos fazer para ajudar?
A exposição realizar-se-á na 1ª semana de Dezembro deste ano, no "Espaço Arte Livre", sito na Avenida da Liberdade, 65 - 1º andar, em Lisboa.

Todas as contribuições são bem-vindas! A Moika & os Putos vão fazer uma tela... e nós?

Haverá ainda uma venda de artesanato que, devido a dificuldades várias, deverá ser realizada on-line neste ou noutro Blog criado para o efeito.

Obrigada a todos.

Experienciado por Maria @ 12:04 da manhã 0 comentarios


24 de outubro de 2006

Fim de Outubro


ponto de situação de tudo o que ando a tentar encaixar nas míseras 24 horas de cada dia:

- aulas de Metodologia Específica: estão a começar bem, gosto da turma, das suas participações, e a organização em blocos de 4 horas está a resultar bem para avançar sempre com propostas de trabalhos em grupo com tempo limite.

Falta: preparar muitas aulinhas e pensar bem na questão da planificação!

- orientações e aulas de PP 2: é a mesma turma, mas do 40 só oriento 9 o que é excelente! nunca tive tão poucos alunos de 3.º ano... parecem todos MUITO interessados e MUITO competentes e críticos. até estou a estranhar... :)

Falta: prepará-los bem para as tarefas que aí vêm e não esquecer articulação com orientadoras de cá e de Viseu.

- orientações de PP 3: está a pedir muita atenção, muito tempo, muita criatividade e tem sido difícil, para mim mas também, muito, para elas. a transição para o 4.º ano é complexa e exigente, espero estar a conseguir dar o apoio e o desafio necessários...

Falta: corrigir vários documentos e estar o mais presente possível nos seus processos de planificação e avaliação.

- blogs de PP 3: uma experiência tão apetecível, está a dar mais trabalho do que pensei! ainda não me habituei a ter que estar a estruturar texto para comentar relatórios feitos (costumava escrevinhar várias notas soltas ao longo dos documentos em papel...) e acho que elas tb ainda n se habituaram a usar o blog para comunicar...

Falta: mais fluidez e verdadeira comunicação!

- aulas e orientações de seminário: uma senhora dor de cabeça! estou a preparar tudo praticamente do zero! mesmo usando apoios como documentos de outras orientadoras, preciso (sempre...) de construir ideias próprias e pensar como explico, como ensino,... e isso gasta MUITO tempo...

Falta: muita coisa, preparar, e muita coisa, orientar... grande investimento de tempo e disponibilidade aqui...

- papers e comunicações: tudo em stand-by, parece que artigo na publicação da ESE de Lisboa está prestes para sair (enviado há pelo menos um ano...)

Falta: tempo e ideias!

- doutoramento: olho longamente para os documentos que chegaram... mas não passa daí!

Falta: tempo, mas sobra vontade!!

- a vida pessoal... é noutro blog ;)

Experienciado por Maria @ 2:46 da manhã 0 comentarios


22 de outubro de 2006

Ajudas II


Mais cor, com energia!

Experienciado por Maria @ 9:04 da tarde 1 comentarios


Ajudas para energia positiva I


Cor, muita!, e serenidade...

Experienciado por Maria @ 7:47 da tarde 1 comentarios


Repensar as coisas


Uma frase que já tinha lido ontem, foi hoje dita na FOx, no Family Guy, acho eu... Decidi estar certa de que sou capaz!

Experienciado por Maria @ 7:40 da tarde 1 comentarios


tal é a desgraça...

... que já fez um ano que tenho o blog e só hoje dei por isso: 13 dias depois!

No dia 9 de Outubro escrevi:

O começo

Tudo devia ter começado no Carnaval de 2003. Estando, na altura, a trabalhar num projecto de investigação e fresquinha depois da defesa do mestrado, percebi o que queria fazer no doutoramento. Este "percebi" merece ser explicado... Estava a tentar adormecer quando duas ideias de conjugaram na minha cabeça: meta-análise qualitativa de investigação produzida numa área e educadores de infância passaram a produtores de conhecimento com a alteração de qualificação de bacharelato para licenciatura. E assim nasceu a ideia do projecto que rapidamente foi apresentada à orientadora que, incrivelmente, viu nela potencial.

Passaram alguns anos... a ideia tem amadurecido e sido ampliada. Mas produção: zero. Ontem tive reunião com a paciente orientadora e parece que é desta que a coisa levanta vôo. É do processo daqui para a frente que espero dar conta neste blog.

A cada momento que penso sobre a proximidade dos dias de "conseguir meter o trabalho do doutoramento no meio disto tudo que é a minha vida" ocorre-me: queria ser doméstica! Grito desesperado de uma vida em caos...
Pois... Um ano passou e avanços? Tenho o projecto, tenho a inscrição, tenho as propinas. Não tenho tempo nem trabalho feito!

Estou, outra vez, assim!

Experienciado por Maria @ 12:13 da manhã 1 comentarios


16 de outubro de 2006

contradição

enquanto chega isto, pelo correio (Yeah! festa!...)


cá em casa o doutoramento está neste estado: parado e desarrumado...



o que fazer????... que desalento...

Experienciado por Maria @ 2:54 da tarde 5 comentarios


14 de outubro de 2006

Investigação que dá gozo!

Na revista electrónica de enseñanza de las ciencias encontrei dois artigo do Pedro Rocha dos Reis que usam a mesma metodologia: análise de histórias de ficção criadas pelos alunos. Vejam a introdução de um dos artigos, "O diagnóstico de concepções sobre os cientistas através da análise e discussão de histórias de ficção científica redigidas pelos alunos":

Neste artigo recorre-se à análise qualitativa do enredo de histórias de ficção científica sobre o trabalho de um grupo de cientistas, redigidas por três alunos portugueses da disciplina de Ciências da Terra e da Vida do 11º ano, e à realização de entrevistas semi-estruturadas, com o objectivo duplo de diagnosticar concepções sobre os cientistas e discutir as potencialidades desta metodologia na investigação e na educação em ciência.

E do outro, que dá pelo nome de "Concepções sobre os cientistas em alunos do 1º ciclo do Ensino Básico: “Poções, máquinas, monstros, invenções e outras coisas malucas”:


Através da análise de conteúdo dos enredos de histórias e de desenhos sobre o trabalho de cientistas, elaborados pelos alunos, identificaram-se possíveis concepções acerca do empreendimento científico e da actividade dos cientistas.
Se tivermos em conta a importância de respeitar o participantes nas investigações, principalmente quando se trata de crianças, a criação de histórias parece ser uma fabulosa metodologia de produção de dados...

Experienciado por Maria @ 12:00 da manhã 0 comentarios


13 de outubro de 2006

Textos de revista on-line: RELIEVE

Estes são para pré-escolar:

Ceballos, Esperanza M. (2006). Dimensiones de análisis del Diagnóstico en Educación: El Diagnóstico del Contexto FamiliarAnalysis dimensions in educational diagnosis: Diagnosis of Family Context

Franco, Clemente (2004). Aplicación de un programa psicoeducativo para fomentar la creatividad en la etapa de educación infantil. [Applying of a psycho-educative program for developing the creative in the childhood school]

Os que interessam para o doutoramento estão aqui.

Experienciado por Maria @ 11:33 da tarde 0 comentarios


Everyone is born creative; everyone is given a box of crayons in kindergarten.

Grande frase tirada daqui.
Para mostrar que a caixa de lápis de cera é só o princípio: jacksonpollock.org

Divirtam-se!

.

Experienciado por Maria @ 10:23 da tarde 0 comentarios


Go Mónica go!


A Mónica vai ao 3.º Encontro Nacional e 1º Encontro Luso-Galaico sobre Weblogs, que vai discutir pontos fortes, pontos fracos, oportunidades e ameaças (SWOT). Vai apresentar:

Margarida Cardoso & Mónica André, Individual Blog SWOT (?) with participants contributions, SHiFT, Lisbon, 28 -29 September, 2006.

E nós (eu e o Gurdido) decidimos não fazer nada o dia inteiro para lhe dar força!! ;)

Experienciado por Maria @ 10:58 da manhã 3 comentarios


6 de outubro de 2006

Blogs de prática pedagógica

Hoje conseguimos finalizar a criação dos blogs de apoio à disciplina de PP 3, estágio do 4.º ano. Cada grupo de estágio, constituído por 3 alunas (sim, só temos mulheres!), criou o seu próprio blog para servir de meio de comunicação com a respectiva orientadora (eu e a Rute). Têm , portanto e por enquanto, um nível de privacidade elevado. Daí termos optado pelo wordpress que nos permite manter o blog reservado a utilizadores seleccionados.

A ideia também é comentar o trabalho das alunas, de forma crítica e construtiva, dar sugestões, puxões de orelhas, abrir horizontes, ampliar propósitos, enriquecer projectos... pelo que, caras leitoras e leitores, agradecemos que se proponham ao cargo de "comentadores externos" através do envio do vosso curriculum vitae e carta de motivação ou, em alternativa, deixando um comment ou mandando um mail... ;D

Experienciado por Maria @ 3:57 da tarde 1 comentarios


4 de outubro de 2006

Mais de 1000!!



Já vai nos 1009 membros!! Parabéns!!

Experienciado por Maria @ 9:38 da manhã 0 comentarios


1 de outubro de 2006

Um lugar onde trabalhar...

Todos os dias durante uma semana, dirigimo-nos a este edifício da Universidade de Genebra, o Uni Mail.


Não me costumo queixar do meu pólo, embora muito houvesse a dizer, mas gostei imenso deste edifício em particular. Pela esplanada cá fora, mas muito por causa da luz. Entra imensa luz pelo telhado de vidro e projecta as cores do mesmo nas paredes... É uma sensação maravilhosa!


Os vários andares dão outra perspectiva à vida diária dentro da faculdade. E criam diferentes recantos e formas de trabalhar... E uma sensação fabulosa de poder estar a acontecer alguma coisa importante sem que nós demos logo por ela... Mas perto de nós.


Fica mais uma recordação de Genebra!

Experienciado por Maria @ 10:55 da tarde 0 comentarios


A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
Minha página

Eu no LinkedIn

your virtual pet!

Noutros sítios:
Fotos no Flickr.com
Projecto NetInfância
Registos do doutoramento
Blogs de PP
A par e passo

Posts daqui:

Powered by Blogger
Design by Beccary

PapaFormigas.com