19 de setembro de 2008

músicas e estados de espírito

(imagem retirada daqui)

gosto e sempre gostei de trabalhar com música. até à universidade, não me lembro propriamente de estudar como actividade com corpo próprio e a ocupar tempo significativo no meu quotidiano, por isso as primeiras associações entre esta coisa de estar a ler, a escrever, a analisar..., vem dos tempos da faculdade de psicologia e de ciências da educação de coimbra.

nessa altura, os tempos de concentração, de fechamento sobre, de casulo mágico que permitia o fluxo de trabalho produtivo era garantido pelos sons de Morphine, Joy Divison, Nick Cave, Stina Nordenstam, Tori Amos ou David Sylvian. E Pantera!, quando a coisa era mesmo séria e faltavam menos de 12h para o exame e estava tudo por estudar...

tudo isto a propósito de me ter apercebido que algumas músicas que oiço mais recentemente têm este efeito de me isolar do resto do mundo e de me embalar e embrenhar em estados produtivos (não vou falar de qualidade...). aguardo a chegada/descoberta do som ideal para o doutoramento começar a fluir.

sítios onde ando a procurar: Jamendo e Magnatune.

Experienciado por Maria @ 6:23 da tarde


1 Comentarios:

At segunda-feira, setembro 22, 2008 11:46:00 da manhã, Blogger Claudia Neves disse...

Quem em dera ouvir música.
Acho que há dois anos para cá só ouço no carro. E como ando pouco de carro não ouço.

Quando a Vera si de casa quero apenas apreciar o silêncio. Essa é a minha música.

 

Enviar um comentário

» Home

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
Minha página

Eu no LinkedIn

your virtual pet!

Noutros sítios:
Fotos no Flickr.com
Projecto NetInfância
Registos do doutoramento
Blogs de PP
A par e passo

Posts daqui:

Powered by Blogger
Design by Beccary

PapaFormigas.com