12 de fevereiro de 2007

metáforas e conceitos

na semana passada, eu a Rute e a Patrícia, orientadoras da prática pedagógica do 3.º ano, convidámos todos grupos a vir contar-nos, e a defender!, o seu percurso este ano, com as crianças, no JI, como grupo, etc.

tornou-se mais premente uma reflexão que temos vindo a fazer sobre a forma como a linguagem que utilizamos nos distingue, ou não, enquanto grupo profissional. quem ouve um advogado ouvir, ou um médico, não duvida da sua pertença profissional, dados os termos técnicos com que designa realidades com as quais também nós contactamos diariamente e por analisar realidades mais próximas à sua prática de formas que nos estão vedadas por falta de conhecimento profissional. o mesmo é de esperar de profissionais de educação.

designar o que fazem como "dar aulas" já me complica suficientemente com o sistema, tendo recolhido em segunda mão algumas das ideias da Idália Sá-Chaves sobre as metáforas que utilizamos no ensino (obrigada Raquel pelas discussões alimentadas pelo teu mestrado).

mas o controlar o grupo... será mesmo isso que querem fazer? e não é de uma limitação imensa terminar a sua análise aí em vez de procurar os factores e o processo que conduzem à situação que tanta ansiedade lhes causa? na minha análise, implica que não estão preocupados em conseguir implementar o que é realmente necessário: capacidade de motivar as crianças, de as envolver e sustentar esse envolvimento na actividade proposta ou negociada. colocar o "controlo" do grupo à margem do resto da intervenção pedagógica é artificial e não ajuda à construçãop de uma boa estrutura pedagógica... nem à aprendizagem das crianças!

depois há os conceitos com que designam o processo de aprendizagem... absorver, apreender,... o que foi, obviamente, transmitido... ao 3.º ano, esta linguagem, tão pouco científica, tão pouco profissional, é gravíssima. reflecte uma incompreensão ou despreocupação profundas com a descrição mais actual e consensual da forma como a criança aprende. e de como eles próprios aprendem! terrível...

reflexão mais aprofundada fica para outro dia, hoje é só o desabafo...

e a partilha deste cartoon que utilizo nas aulas para discutir o tema com os alunos. um professor que transmite conteúdos: usa o rádio para o fazer!

Experienciado por Maria @ 11:05 da manhã


A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
Minha página

Eu no LinkedIn

your virtual pet!

Noutros sítios:
Fotos no Flickr.com
Projecto NetInfância
Registos do doutoramento
Blogs de PP
A par e passo

Posts daqui:

Powered by Blogger
Design by Beccary

PapaFormigas.com